Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Semana Europeia da Imunização

Olá a todos! 
No âmbito da semana europeia da Vacinação, deixo - vos uma imagem da DGS, que resume o racional por detrás da vacinação e o motivo pelo qual vacinamos as populações e temos o chamado Plano Nacional de Vacinação: Boas imunizações! 😊 

Organizar Tarefas por Prioridades

Olá a todos!
Na publicação desta semana partilho convosco uma ferramenta que podem utilizar para agrupar as vossas tarefas diárias por ordem de prioridades.
É muito simples, consiste nesta Tabela de Dupla Entrada:
Esta tabela utiliza-se distribuindo o que queremos fazer por quatros quadrantes, tendo em conta a importância e a urgência de cada coisa. As tarefas/atividades importantes são aquelas que nos levam ou ajudam a levar aos nossos objetivos.As tarefas urgentes são aquelas que devem ser feitas rapidamente.
Depois de termos tudo agrupado, de forma a gerirmos melhor o nosso tempo, começamos por fazer o que é urgente e importante, obviamente.
De seguida, vêm as tarefas ou só importantes ou só urgentes. Embora não haja uma regra fixa acerca de quais as que se devem fazer primeiro, normalmente o que se faz é dedicar tempo diário às tarefas importantes enquanto elas ainda não são urgentes (o que é bom, porque nos ajuda a reduzir o stress) e delegar as tarefas apenas urgentes, a alguém que nã…

Escuridão num Mundo de Luz

Saímos à rua em plena noite e conseguimos ver perfeitamente, porque os candeeiros estão ligados. Há, inclusive, cidades com tanta luz que facilmente passaríamos dias inteiros só a olhar para sua claridade.
A tecnologia permite-nos estimular cada vez mais os nossos sentidos, com uma intensidade sem igual.
...


Agora, não nos podemos esquecer de que a luz exterior, com os seus pontos positivos e negativos, dá-nos uma satisfação que é efémera, um aconchego que é falacioso.

Se não alcançarmos a nossa luz interior, resplandecente mesmo em plena negridão, de nada importa olharmos para os holofotes, porque eles apenas nos vão ofuscar.
Espero que tenham gostado.
Até à próxima. Beijinhos :-*

Visualização

Olá a todos!
Hoje partilho convosco uma técnica internacionalmente conhecida e utilizada pela maioria das personalidades mais bem-sucedidas do nosso planeta, independentemente da área do seu sucesso. Amor, negócios, família, espiritualidade? Serve para tudo.
Falo da Técnica da Representação Prévia (presente) de uma Realidade Futura ou Técnica da Visualização. O exemplo clássico é o da apresentação em público, pelo facto de ser uma situação que mete as pessoas à prova, até mesmo aquelas que já têm muita prática. Consiste no ato de, para além de prepararmos a apresentação e criarmos/arranjarmos todo o material necessário (ex: PPTs) para a mesma, a treinarmos previamente como se já estivéssemos na apresentação propriamente dita, no dia e na hora H, ao mínimo pormenor possível: 1.O que dizemos. 2.A forma como as palavras nos saem. 3.Os nossos gestos. 4.As nossas roupas. 5.A reação das pessoas. 6.O nosso estado de espírito. 7.A nossa movimentação no ambiente. 8.Etc.
Quanto mais perfeito tudo sair na …

O Melhor do Outro.

Olá a todos!
Quando atraímos alguém para a nossa vida, essa pessoa vem formada, vem com as suas características positivas e negativas muito bem definidas e façamos o que fizermos a pessoa não vai mudar (a única maneira de alguém mudar é querer mudar por si, mas isso é outra conversa...). Por esse motivo é que é tão importante nos rodearmos de pessoas que gostamos, que nos fazem bem, que nos permitem evoluir positivamente. Por outro lado, continuamos a ter uma grande responsabilidade perante essas pessoas, porque não lhes damos características, mas facilitamos que manifestem o seu melhor ou o seu pior. Ninguém é perfeito e todos nós podemos facilmente "ser umas bestas" ou sermos "heróis benfeitores". O que esperamos de uma pessoa que nos é importante, o que pensamos sobre ela, o que lhe dizemos... toda a interação que temos com ela, desde do pensamento às ações, influencia como essa pessoa vai ser e se manifestar ao pé de nós. 
Eu acho este "poder" absolu…

Interdependência Pessoal

Olá a todos!
Por vezes temos dificuldade em admitir, mas a verdade é que somos mais dependentes uns dos outros do que pensamos e, por isso mesmo, gostamos de nos identificarmos nos outros. Dizemos que gostamos e tentamos ser completamente diferentes, mas vemos alguém a ouvir a mesma música que nós, na mesma ocasião, e sorrimos.
Isso não é uma coisa má. Nós precisamos uns dos outros. <3
Até amanhã! Beijinhos :-*

O Bom Professor...

Olá a todos!
Estava aqui a pensar que um bom professor não é aquele que consegue passar aos alunos os seus raciocínios, é o que possibilita e facilita que os alunos criem os seus próprios raciocínios e evoluam.  O que acham?
Até amanhã!
Beijinhos :-*

Escritor e Leitor

Olá a todos!
Quando lemos algo escrito por outra pessoa apenas vemos a ponta do iceberg, vemos a fachada, mas falta todas as emoções, a pesquisa, as experiências e os raciocínios que levaram o escritor a escrever os seus textos e obras.  Há autores que, no entanto conseguem aproximar um pouco as pessoas desta realidade, e isso é uma capacidade admirável . Por sua vez, o leitor acrescenta às palavras, aos parágrafos, aos capítulos, aos livros, algo que não está na posse do autor, algo único e maravilhoso, cuja natureza leva a leitura a ser boa ou não, para além dos conteúdos e da forma de escrita do 1º: a sua interpretação. O que cada leitor sente e entende e a forma como é influenciado na prática pelo que lê são particularidades individuais específicas.
Eu amo este processo de partilha e de mistérios, e vocês?
Até amanhã! Beijinhos :-*

Tive uma boa ideia, mas esqueci-me.

Olá a todos!
Estava eu na fila da bilheteira para comprar um bilhete de comboio, porque as máquinas automáticas estavam fora de serviço e, enquanto esperava atrás de 10 pessoas, pensem em várias coisas, entre elas numa publicação para o blog. Continuei "na minha vida" e, quando finalmente parei à frente do caderno para escrever a minha ideia, já não me lembrava dela. "Que pena!" - pensei - tinha a impressão que era mesmo uma boa ideia. Fiz um esforço para me lembrar durante uns minutos, sem sucesso, até que pensei que, se o que eu queria recordar era uma ideia, fruto de um processo cognitivo, talvez o melhor que eu podia fazer era percorrer novamente os meus raciocínios e pensamentos prévios até chegar ao que me queria lembrar. E resultou: ganharam uma publicação nova e, no seguimento dessa, esta que estão a ler. 
Raciocínio: tal como nos tentamos lembrar por onde passámos quando nos queremos lembrar onde deixámos um objeto que "perdemos",  também nos podemos…

Não temos esse tempo.

Olá a todos!
São 23 horas e vou agora começar um trabalho que adiei durante todo o dia. Fi-lo, porque pude, porque sabia que se algo corresse mal, tinha tempo de compensar. É para entregar amanhã, mas a noite ainda mal começou. Amanhã estarei cansada, mas existem cafés… depois compenso a falta de horas de sono. Reconhecem este tipo de pensamento, esta atitude? Fazemos isto com tanta frequência que nos parece um comportamento normal, mas quão melhor seria a nossa vida se não adiássemos, se não colocássemos sequer a hipótese de ter esse tempo e esses estimulantes/energéticos extra? Temos mesmo esse tempo ou andamos a enganar-nos? O idoso quer voltar atrás, porque sorriu pouco; o doente quer voltar atrás, porque se cuidou pouco; o estudante chumbado quer voltar atrás, porque se aplicou pouco…
Penso que uma das formas possíveis de resolvermos esta situação, se assim quisermos, é fazer o seguinte raciocínio: nós adiamos muito, mas só podemos adiar até certo ponto, porque a aula vai chegar…

A Matemática e a Vida...

Olá a todos!
Enquanto tive Matemática na escola, sempre amei a disciplina e, há uns dias, estava a pensar que, tal como esta ciência, a vida é infinita.  Enquanto estamos sentados nas nossas mesas de estudante, aprendemos que as retas começam e terminam no infinito, e que os segmentos de reta têm princípio e fim, mas o que podemos não pensar é o facto de os 2ºs serem parte dos 1ºs.  "Loool, óbvio, e daí?"
Daí que cada segmento de reta é tão grande como queiramos e encaixa-se na parte da reta que queiramos.  A vida também é assim: nós, como humanos, somos limitados, mas podemos decidir, dentro de um conjunto infinito de possibilidades, no que nos vamos focar e quão amplo é o nosso foco.
E não esquecer que ainda existe mundo para além dessa infinidade, também existem os planos... ;)
Até amanhã! Beijinhos :- *

Despedidas e Redes Sociais

Olá a todos!
Já repararam que existem pelo menos 2 tipos de pessoas a despedir-se nas redes sociais? Por um lado, temos as que deixam sempre a "conversa em aberto" e, por outro lado, temos as que gostam de ter um princípio e um fim em cada conversa. As primeiras são aquelas que se tendem a não saudar no início nem a despedir no final, falando ao longo dos dias como se a conversa fosse sempre a mesma, apenas uma; e as segundas são as que nunca se esquecem de expressões como "Adeus!", "Tem um ótimo dia!" e "Beijinhos":  Por vezes, as primeiras acham que as segundas fazem conversa de circunstância ao dizerem sempre, sempre, "Olá, tudo bem?" ou que as estão a despachar, quando dizem "Adeus!". Já as segundas ficam constantemente com a sensação de "ataque de mensagens", por receberem texto sem qualquer felicitação ou saudação prévia, mas o pior é quando ficam "horas" a olhar para um ecrã à espera de uma despedi…

O Cansaço...

Olá a todos!
O cansaço nem sempre é proporcional à energia física e mental que gastamos, porque muito dele aparece quando vivemos uma vida que não se encaixa em nós, que não nos satisfaz completamente. Aí, estamos sempre cansados: bebemos café, mas no final o balanço é negativo - isto chama-se tédio.
O tédio suga-nos mais do que possamos pensar, podendo inclusive matar-nos. Tendemos a pensar que "uma ganda seca" é sinónimo da falta de algo interessante, mas é mais a presença de algo insatisfatório: se esta palavra num teste é má, imaginem numa vida... Falando em termos práticos, pensem no mal que já criaram em momentos de tédio, seja na forma de perda de tempo e/ou energia, de improdutividade ou de atitudes incalculadas... Por outro lado, o tédio também nos leva constantemente a vaguear com a mente para o que já fizemos ou o que vamos fazer, tirando-nos do presente, que é difícil de suportar. Se toda a nossa vida acontece no presente, faz sentido dizer que o tédio nos tira …

Assume-te!

Olá a todos!
Ouve-se muitas vezes, sobretudo entre pessoas extremamente responsáveis e que honram o compromisso,  que há muita gente que tem muita dificuldade em comprometer-se verdadeiramente com algo. Concordo. Contudo, penso que, por vezes, numas pessoas mais do que outras, temos dificuldade em fazer algo muito mais importante, que deveria vir antes do compromisso: assumir quem somos. Não estou a falar apenas de coisas óbvias, como assumir uma orientação sexual diferente da normalidade (mais comum), mas de tudo na vida, inclusive as coisas mais simples: Assumir o que gostamos.Assumir o que somos.Assumir o caminho que queremos seguir.Etc.
Não me refiro a impingirmos aos outros o nosso eu, como se fossemos os donos da verdade, mas pensem: conhecemos quem verdadeiramente somos? Assumimos perante nós e perante o mundo quem realmente somos?
Muitas vezes chegamos mesmo a dizer que o outro está errado, antes mesmo de sabermos o que para nós é o certo...
Estamos a utilizar o nosso tempo a viver a…

Cheiro a Ti.

Olá a todos!
Hoje escrevo um texto a pensar naquelas pessoas que amamos tanto, que nos são tão familiares, que até o seu cheiro parece fazer parte de nós. Amo o teu cheiro. Tens o melhor odor do mundo. Se eu pudesse, colocá-lo-ia num frasquinho para andar sempre com ele. Como não posso, guardo-o apenas em memória, a cada momento que me afasto, até voltar a estar junto a ti, para saborear a dádiva que o teu cheiro é para o meu sentido do olfato.  É-me tão familiar. Estou certa de que te reconheceria em qualquer lado, mesmo de olhos fechados. Bastava aproximares-te de mim, que logo me sentia em casa, aconchegada, protegida.
Obrigada por cheirares tão bem! Obrigada por me quereres tão bem! Obrigada por me fazeres querer-te tão bem! Obrigada por existires!
Espero que tenham gostado.
Até amanhã! Beijinhos :-*

Procurar Facilidades Resulta?

Olá a todos!
Já se aperceberam, em vós mesmos e nas outras pessoas que, se por um lado complicamos a nossa vida em inúmeros aspetos que não vou abordar hoje, por outro lado tendemos cada vez mais a procurar as soluções fáceis, os caminhos mais rápidos? Serão estes caminhos fáceis realmente os mais rápidos para chegar a determinado lugar ou apenas estradas falaciosas que nos deixam a meio ou mais longe do caminho? Ver fotografias e vídeos de um lugar é igual a "levantarmos o rabo do sofá" e percorrermos quilómetros para o visitar?Um cinto de eletroestimulação traz os mesmos benefícios que "malhar"?A comida processada nutre-nos como a comida "natural" e as refeições caseiras?O comprimido compensa a falta de cuidado durante anos?A prenda compensa a falta de dedicação?O filme substitui o livro?Quantas mais perguntas poderíamos fazer?
Eu sempre ouvi a expressão "Easy come, easy go.", e parece-me acertada. O que vos parece?
Até amanhã! Beijinhos :-*

A Vida é um Misto de Presentes.

Olá a todos!
Cada um de nós tem uma vida que é um Grande Misto de Pequenos Momentos. 
Certamente já ouviram a expressão "A vida é aquilo que acontece enquanto estamos ocupados a fazer outros planos.", e eu não podia concordar mais.  Passamos os nossos dias, e muito bem, a planear e a trabalhar para alcançar algo maior, algo futuro, mas depois são as mais pequenas coisas que "fazem os nossos dias": O beijo na cara carinhoso que recebemos. O sorriso daquela pessoa.O gosto do nosso café favorito naquela pausa abençoada.O elogio que recebemos.A simpatia do nosso colega de trabalho. O segundo de beleza em que observámos uma flor.Etc.Vivam intensamente, preparem o futuro, mas não se esqueçam de apreciar os pequenos momentos da vida, porque se morressem amanhã, seriam estes momentos que teriam feito a vossa vida valer a pena.
Espero que tenham gostado.
Até amanhã!
Beijinhos :-*

Só Tu Sentes o que Sentes.

Olá a todos!
Peço desculpa pelo texto se ter alongado um bocadinho, mas falo de um tema sério e queria conseguir passar bem a minha visão do mesmo. Espero ter conseguido.  Boa leitura! :)
Ninguém no mundo sente cada segundo da nossa vida como nós o sentimos, interpreta as coisas da mesma forma que nós, compreende a 100% as nossas emoções. Isto podia servir de premissa para muitas conclusões, mas não vou falar de nada de mal, vou antes abordar um dos aspetos positivos desta realidade.
Muitas vezes sentimos coisas que não queríamos e, pior do que o que estamos a sentir, é falar do que sentimos, é acharmos que os outros querem que sintamos o que estamos a sentir ou que se conseguem aperceber disso... Contudo, nada disto acontece, pelo menos não na profundidade que achamos.  Do mesmo modo, nós não sabemos o que o outro pensa, o que o outro sente.  As pessoas só sabem umas das outras o que cada um diz ou faz e, mesmo assim é de forma incompleta, porque as interpretações divergem. Também acredito q…

A Escadaria e a Chuva...

Olá a todos!
Na semana passada, ao final da tarde, saí do comboio na minha paragem e abri o chapéu de chuva, porque estava a chover muito. Comecei a subir a escada que leva à ponte que passa por cima da linha para ir para o outro lado, quando do degrau à minha frente (e superior ao meu) veio um esguicho de água. Rapidamente reparei que a rapariga que ia à minha frente, com a pressa de sair da chuva, estava a chapinhar e a lançar água para as pessoas de trás, mesmo que não intencionalmente. Imediatamente, pensei que, como ela, todas as outras pessoas, incluindo eu, também queriam sair da chuva. Será que eu estava a molhar a pessoa atrás de mim? Ao ritmo que eu ia era bem possível. Abrandei e, ao invés de me preocupar com quem estava à minha frente, a molhar-me, passei a focar-me em quem estava atrás de mim, para que eu não fizesse o mesmo. Honestamente, deixei imediatamente de me preocupar com as poucas gotas de água que vinham do degrau de cima. 
Esta situação relembrou-me de uma passag…

Estás apenas a começar.

Olá a todos!

Hoje falo-vos de uma publicação que me surgiu na primeira semana de aulas do 2º semestre, num momento em que o estudo estava a dar-me alguma vontade de fazer tudo menos aprender o que tinha de ser aprendido. Escrevo para vocês, e escrevo para mim, tal como tudo: nada que vale a pena começa da melhor forma ou da forma mais fácil. Se começar devemos desconfiar de sorte de principiante, de ajudas excessivas que não nos permitem evoluir o suficiente ou de estarmos no caminho errado.
As coisas vão sendo progressivamente mais bem-feitas, à medida que temos mais conhecimento, mais prática. Um exemplo óbvio, mas muito demonstrativo, é a diferença entre estudar na primeira semana de aulas e mais perto do exame: se nos obrigarmos a estudar regularmente e a criar um hábito diário de estudo, este processo torna-se cada vez mais fácil, cada vez mais eficiente.
E onde quero chegar com isto? Que antes de "dominarmos a cena", temos de passar por trabalho árduo e por muitas horas de…

As Palavras não nos Definem.

As palavras magoam e alegram, encantam e traem ou repugnam e afastam as outras pessoas. O discurso verbal é extremamente importante e muito poderoso em inúmeros fatores, mas o que ele não faz é mostrar a verdadeira personalidade de uma pessoa. Isso elas, por si só não fazem.
Lembrei-me de escrever este texto após me terem contado uma cena do Filme Ferdinando (alerta SPOILER!), na qual, aparentemente, o cão gostava muito do touro, mas quando este lhe perguntou se sentia saudades e o cão orgulhosamente respondeu que não. Contudo, o rabo do cão estava a abanar de contentamento, denunciando-o. Nós não temos rabos que nos denunciem. Há quem diga que há sinais corporais que revelam a nossa verdade, mas no geral, é mais fácil irmos intencional ou não intencionalmente contra o que verdadeiramente somos do que os cães. 
Por este motivo, é perigoso, ou pelo menos muito redutor, julgarmos alguém apenas pelas suas palavras, é como a expressão popular "Não julgues um livro pela capa.". Pod…

Top 10 Fevereiro 2018

Olá a todos!
Hoje trago-vos o top 10 das publicações que mais visualizações tiveram no mês de Fevereiro.
1 - "Não consigo!" -> Divide! ;)  2 - Carnaval 2018 3 - Crenças Profundas... 4- Quadro do Nosso Amor - Especial São Valentim 5 - Não me apetece fazer nada... 6 - Sei que o fazes bem, mas és feliz? 7 - A senhora que esperava o comboio... 8 - Que sorte a minha! 9 - No final do dia, o que Importa Realmente é o Amor que Damos.
10 - Ser sempre criança.
Qual a vossa favorita?
Há algum tema específico do qual gostassem que eu falasse?
Até amanhã! Beijinhos :-*