Avançar para o conteúdo principal

Momentos menos bons...

Olá a todos!

Hoje trago-vos uma reflexão sobre os momentos menos bons que nos ocorrem na vida, momentos esses que todos temos, porque não somos perfeitos, todos cometemos erros, e todos ficamos tristes ou afetados com alguma coisa.
Imagem retirada da Internet
Mas o que é isto de momentos menos bons ou mesmo maus? Quem lhes atribui a gravidade? Quem lhes atribui um culpado? A classificação de tudo, a forma como algo nos afeta ou não, depende apenas de nós e dos fatores intrínsecos e extrínsecos que nos influenciam e que nos fazem interpretar certo “estímulo” de forma negativa. É por isso que as coisas tocam-nos de forma tão particular e única.

Gosto de pensar, como disse o escritor norte americano Anthony Robbins: “não importa o que acontece contigo, o que importa é o que tu fazes com o que acontece.”.
E, baseada nesta frase eu utilizo todos os momentos menos bons da minha vida para aprender, para melhorar, para fazer cada vez melhor, para ser um Eu cada vez melhor.
Um exemplo muito simples: apercebi-me de que após os momentos em que estou emocionalmente mais em baixo, que são cada vez menos, felizmente, costumo ter um pico de inspiração e faço sempre algo muito bom ou artístico depois (geralmente, escrevo poesia).

E não é isto o padrão? A maioria das pessoas não tira conclusões nos momentos piores da vida? Tomam decisões importantes… excluem, mudam ou acrescentam coisas à vida…

Os momentos menos bons nem sempre são quedas, pois, na verdade, sem eles, nunca sairíamos da nossa margem de conforto e nunca evoluiríamos e chegaríamos mais longe. Um erro, ou uma situação incomodativa, é uma oportunidade de aprendermos, tirarmos conclusões, experienciarmos o que não queremos, e seguirmos em frente, sempre de uma forma mais positiva e mais melhorada, em relação ao que fomos nos momentos anteriores.

A coisas menos boas são pequenas oportunidades de recomeçar ou de continuar, melhores.

Por vezes, são estes momentos menos bons que criam os grande “saltos” positivos na nossa vida.

Como indica a letra de “O Primeiro Dia” de Sérgio Godinho, "E vem-nos à memória uma frase batida, hoje é o primeiro dia do resto da tua vida", o que significa que o dia de hoje, seja melhor ou pior, é o início do nosso amanhã e, dessa forma, o mais lógico e melhor que podemos fazer é pensá-lo, vivê-lo e aproveitá-lo da melhor maneira, porque, dessa forma, espera-nos um futuro muito mais positivo.
O que acham deste ponto de vista?

Espero que tenham gostado.

Até à próxima!
Beijinhos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carnaval 2018

Olá a todos!
Hoje trago-vos um vídeo extra no canal!!! 
Não vou publicar um vídeo todos os dias, mas há exceções, como neste caso, em que tivemos o Carnaval e o Dia de São Valentim na mesma semana. :)
Espero que gostem! 😊


Até à próxima!
Beijinhos :-*

Aniversário 2018

Olá a todos!
Hoje é o meu aniversário, comemoro mais um ano de vida e, por esta ocasião especial, interrompo o estudo para festejar e para vos escrever. Este dia pode ser especial para nós, por diversos motivos, dependendo também da nossa idade e da altura da vida em que estamos. Lembro-me que quando era pequena os meus aniversários eram o máximo pelos doces, pelos amigos a cantarem os parabéns, pelos brinquedos que recebia, pelo karaoke que cantava, pelos saquinhos de guloseimas que distribuía na escola ou a todos os que iam à minha festa de anos... Há medida que vamos crescendo, as festas vão-se tornando diferentes, com menos pessoas e menos brincadeiras, e começamos a dar mais importância a estar com a família, a nos rodearmos de um grupo mais limitado de pessoas e claro, a receber parabéns das pessoas que passam pela nossa vida, quer pessoalmente quer nas redes sociais.
Nem sempre os nossos dias de aniversário são perfeitos, sobretudo se nem tudo na nossa vida está como gostaríamos o…

VeganChee Bio - Iogurtes e Queijos

Bom dia a todos!
Na publicação de hoje vou partilhar convosco alguns produtos vegan que conheci há algum tempo e dos quais, pelo sabor, aspeto, saúde e praticidade, não poderia deixar de falar. Curiosos para saber do que falo?
A resposta é: VeganChee Bio - alternativas vegetais ao queijo e aos iogurtes. Para além de estar a estudar para vir a ser Médica, eu sempre me preocupei com a Saúde e, sobretudo, sempre procurei saber mais sobre o tema e sobre o que eu podia fazer para ser mais saudável (vou certamente partilhar alguns dos hábitos que tenho noutros posts).
E como falar de Saúde, sem falar de Alimentação?
Como disse Hipócrates, na Antiguidade, “que o teu alimento seja o teu medicamento.” e, baseada nesta premissa, sempre procurei comer o melhor possível, com algumas exceções (muitas) de vez em quando, como é normal.

O tipo de alimentação que levo não é tema para esta publicação, mas resumidamente é preferencialmente vegan, mas não rígida. O que isto significa? Que como de tudo,…