Avançar para o conteúdo principal

Não são só os fracos e pouco inteligentes que sofrem...

Olá a todos!

Hoje escrevo-vos uma reflexão que fiz quando estava a passear numa feira do livro e olhei de relance para um livro qualquer (agora não me recordo), cujo título tinha a ver com chorar e ser-se forte ou fraco…

Pensei: é verdade, não são os mais fracos ou os mais burros que choram e, sobretudo, que sofrem… na verdade, quanto mais pensarmos mais sofremos (até certo ponto, comentarei isso mais à frente). É preciso um amadurecimento considerável para saber o que está mal, analisar as situações e retirar conclusões delas, muitas vezes não as mais agradáveis. É preciso, aliás, muita responsabilidade para se ter tantas preocupações e criar tantas dúvidas que nos causam sofrimento. Quem não pensa, nunca sofre, ou sofre menos, porque se resigna sempre. É por este motivo que, infelizmente, reclamar e criticar é cada vez mais popular, mais bem visto e mais merecedor de mérito.
Imagem retirada da Internet
Agora, atenção! Há um nível ainda acima desse, que é o das pessoas que conhecem e interpretam o mundo com inteligência e lucidez, mas que conseguem viver nele vendo sempre o lado bom de tudo e verdadeiramente felizes (para os céticos, sim, é possível sermos felizes neste planeta, sem falsidade), como se tudo fosse positiva e perfeitamente feito a pensar neles. Não confundam isto com narcisismo, as pessoas narcisistas só pensam nelas, precisam de aprovação constante para tudo e não querem saber dos outros… uma pessoa feliz vê o que o mundo faz de bem por elas, mas quer o mesmo para os outros, no fundo, quer viver bem no geral.

Isto significa que vocês podem sentir-se mesmo muito, muito mal e não terem nada de errado nem de fraco, até pelo contrário e, ao mesmo tempo, que não têm de reclamar da vida e ser sempre negativos para demonstrar o quão bom ou inteligentes são. Tudo está bem. Acredito que há várias fases da vida e das emoções pelas quais temos (ou não) de passar para chegarmos à felicidade e à realização aqui na terra, e que a única forma de retirarmos o melhor de todas elas é não nos recriminarmos, acusarmos e insultarmos. Aceitarmos o nosso sofrimento, aprender com ele e procurar evoluir, é o melhor que temos a fazer.  

Espero que tenham gostado!


Beijinhos :-* 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carnaval 2018

Olá a todos!
Hoje trago-vos um vídeo extra no canal!!! 
Não vou publicar um vídeo todos os dias, mas há exceções, como neste caso, em que tivemos o Carnaval e o Dia de São Valentim na mesma semana. :)
Espero que gostem! 😊


Até à próxima!
Beijinhos :-*

Aniversário 2018

Olá a todos!
Hoje é o meu aniversário, comemoro mais um ano de vida e, por esta ocasião especial, interrompo o estudo para festejar e para vos escrever. Este dia pode ser especial para nós, por diversos motivos, dependendo também da nossa idade e da altura da vida em que estamos. Lembro-me que quando era pequena os meus aniversários eram o máximo pelos doces, pelos amigos a cantarem os parabéns, pelos brinquedos que recebia, pelo karaoke que cantava, pelos saquinhos de guloseimas que distribuía na escola ou a todos os que iam à minha festa de anos... Há medida que vamos crescendo, as festas vão-se tornando diferentes, com menos pessoas e menos brincadeiras, e começamos a dar mais importância a estar com a família, a nos rodearmos de um grupo mais limitado de pessoas e claro, a receber parabéns das pessoas que passam pela nossa vida, quer pessoalmente quer nas redes sociais.
Nem sempre os nossos dias de aniversário são perfeitos, sobretudo se nem tudo na nossa vida está como gostaríamos o…

VeganChee Bio - Iogurtes e Queijos

Bom dia a todos!
Na publicação de hoje vou partilhar convosco alguns produtos vegan que conheci há algum tempo e dos quais, pelo sabor, aspeto, saúde e praticidade, não poderia deixar de falar. Curiosos para saber do que falo?
A resposta é: VeganChee Bio - alternativas vegetais ao queijo e aos iogurtes. Para além de estar a estudar para vir a ser Médica, eu sempre me preocupei com a Saúde e, sobretudo, sempre procurei saber mais sobre o tema e sobre o que eu podia fazer para ser mais saudável (vou certamente partilhar alguns dos hábitos que tenho noutros posts).
E como falar de Saúde, sem falar de Alimentação?
Como disse Hipócrates, na Antiguidade, “que o teu alimento seja o teu medicamento.” e, baseada nesta premissa, sempre procurei comer o melhor possível, com algumas exceções (muitas) de vez em quando, como é normal.

O tipo de alimentação que levo não é tema para esta publicação, mas resumidamente é preferencialmente vegan, mas não rígida. O que isto significa? Que como de tudo,…